Canal ético

O que é o Canal Ético?

Na SegurPro, trabalhamos para oferecer o melhor serviço num excelente ambiente de trabalho, e sempre sob um estrito código ético e de conduta. Por este motivo, criamos o Canal Ético.

 

O objetivo deste canal é detectar condutas contrárias ao direito, aos princípios ou às regras de éticas e de bom governo da Empresa. Para isso, incentivamos a que colaboradore, clientes, fornecedores ou qualquer outra pessoa que tenha contato com os nossos serviços nos informem sobre essas incidências.

 

Caso a sua informação esteja relacionada com a Prosegur Cash, S.A. ou com as pessoas ou atividades desenvolvidas pela Prosegur Cash, S.A., pode comunicá-lo através do Canal Ético da página web www.prosegur.com.br.

Como enviar uma comunicação?

Em seguida, acesse ao formulário onde incluir todos os detalhes sobre o assunto que lhe preocupa. Seja o mais específico possível no que se refere a nomes ou departamentos, pessoas, documentos, políticas, lugares, datas, horas, etc. Para o acesso, você deve aceitar previamente a Política de Privacidade.

O canal garante a confidencialidade total das comunicações. Proporcione os seus dados identificativos e de contato para facilitar a resolução da incidência ou, se preferir, também pode fazer a comunicação de forma anônima. É possível fazer o acompanhamento da sua incidência e continuar as comunicações com o gestor do canal, para isso gere uma palavra-passe de acesso.

É possível anexar documentos à comunicação. Certifique-se de que toda a informação pessoal tenha sido apagada dos documentos anexados para proteger a sua identidade, caso o deseje fazer.

Bom uso do canal

É importante lembrar-se de que o Canal Ético gera apenas as comunicações relacionadas com condutas que contradigam o Código Ético e de Conduta da SegurPro. Para outras questões ou consultas, dirija-se aos canais ativados para atendimento ao cliente e ao colaborador.

Para evitar as más práticas na utilização do canal, aplicar-se-ão critérios precisos para admitir as comunicações e com a exigência de responsabilidade civil, penal e administrativa das pessoas que comuniquem factos de abuso de direito ou que vulnerem o princípio de boa fé.

Muito obrigado